Lista de Livros por Eric Lippert

11/16/2011 10:16:13 AM By Felipe Pessoto

Muitas pessoas pergutam qual os melhores livros sobre C#/.NET e o Eric Lippert sendo um dos principais desenvolvedores do compilador do C# é frequentemente questionado sobre isso. Se você ainda não lê o blog dele, deveria, o conteúdo que ele escreve é bem diferente e muito interessante pra quem gosta de entender melhor como funciona as linguagens, JIT, etc. Há poucos desenvolvedores encrevendo compiladores e menos ainda blogando sobre isso, então o blog do Eric Lippert é uma fonte rara de artigos sobre o assunto.

Recentemente um editor da InformIT, perguntou ao Eric quais livros ele recomendaria, segue a lista com uma breve descrição feito pelo editor:

-Sams Teach Yourself Visual C# 2010 in 24 Hours by Scott Dorman: Este livro é ótimo para iniciantes em C#, o autor explica os conceitos do C# em ordem de complexidade em vez de fazer como a maioria dos autores que usam a ordem em que eles aprenderam, ou a ordem cronológica em que foram implementadas no C#.

-Essential C# 4.0 by Mark MichaelisC# In Depth, 2nd Edition by Jon Skeet: Ambos pra programadores mais experientes, os autores vão afundo na linguagem C#, ocasionalmente citando a infraestrutura do .NET. Jon Skeet é um velho conhecido no mundo .NET, o blog dele também é recomendado!

-The C# Programming Language, 4th edition: Escrito pelo Anders Hejlsberg, arquiteto do C#, não poderia faltar. O livro traz a especificação do C#, com citações de Jon Skeet, Eric Lippert entre muitos outros, explicando os conceitos do C#, o porquê eles são importantes e como estão relacionados à outras linguagens

-Java Puzzlers by Joshua Bloch and Neal Gafter: Embora seja um livro de Java, muitas das situações valem pro C#, em casos extremos em que as linguagens geram confusões. 

-Introduction to Algorithms, 3rd Edition by Thomas H. Cormen, Charles E. Leiserson, Ronald L. Rivest and Clifford Stein  e Purely Functional Data Structures by Chris Okasaki: Nenhum dos dois livros são sobre C#, mas algoritmos não dependem de uma linguagem, o que vale é o conceito. Quem trabalha com compiladores usa muito algoritmos e mesmo os programadores "line-of-business" podem tirar proveito dos conceitos.

 


Comments (0)